Artigo

COLETA SELETIVA

20 MAI2014

COLETA SELETIVA EM FOZ DO IGUAÇU

Agora, os políticos inventam outra forma de se gastar mais dinheiro dos impostos, abrindo um tipo de empresa, que pela natureza do controle público, tem mais um caráter publicitário que propriamente de ação. Afinal coleta de lixo, reciclagem e aterro basicamente é trabalho manual que contrata um grande contingente de funcionários, o que caberia perfeitamente à iniciativa privada. Desonerando o Estado Municipal.

O programa chama-se “Coleta Seletiva em Ação”, evento promovido pela Prefeitura de Foz do Iguaçu no dia 16 MAI2014.

O Local do evento é o “Centro de Educação Ambiental do Iguaçu, do Zoológico Bosque Guarani”. Nunca as palavras vindas dos setores burocráticos, são claras: “O Evento apresenta informações quanto à logística da coleta seletiva dos resíduos recicláveis nos CMEI’s” e Escolas Municipais. (CMEI’s = Centros Municipais de Educação Infantil – crianças de 03 meses a 05 anos de idade). Ou seja, como pegar o lixo e dar a destinação correta, nas instituições do município, conhecidas como “Creche” e Escolas Municipais. E não nas escolas estaduais e nos colégios privados e menos ainda nas escolas de 3º Grau.

Há quantos anos não temos os ‘depósitos de lixo’ em condições precárias?, muitos destes depósitos, já incendiaram! Recentemente, o CDH (Centro de Direitos Humanos), aliado a outras forças políticas, fizeram um estardalhaço na imprensa e no Ministério Público, com relação ao “corte dos frangos”, nos abatedouros. Ora, não há maior insegurança no trabalho do que estes galpões minúsculos que acumulam grande quantidade de lixo, mantidos pelo Estado Municipal! Não só por se insalubre, ou por muitas das vezes, prescindir de material de segurança pessoal, como de máquinas insuficientes para o trabalho e destinação às indústrias que usam a matéria prima.

O projeto “Coleta Seletiva em Ação” conta com três etapas: a 1ª. é o que foi exposto até agora, a coleta nas creches e escolas municipais; a 2ª. será com relação aos hospitais: ‘será com representantes da Secretaria Municipal da Saúde’ e a 3ª. ‘com representantes das demais Secretarias, Autarquias e Fundações Municipais, totalizando os espaços públicos a serem envolvidos no projeto’.Ora, que outro espaço existe?, se não todo o resto da população? Tão logo o projeto se complete, haverá uma cobrança social, ou novos impostos, isso fica claro na seguinte afirmação do Secretário do Meio Ambiente o senhor João Matkievicz: “vamos fazer nosso dever de casa cumprindo as leis, vamos mostrar o exemplo de casa para depois cobrar os outros...”. Evidentemente ‘a casa’ é o setor público, ‘os outros’, toda a população da cidade.

Agora, você cidadão que paga impostos como todo mundo, imagine o tamanho desta empreita!
Mas como vemos a lógica deste governo de Foz do Iguaçu é a mesma do governo federal do PT. Visa a concentração do poder nas mãos do Estado. Indo de encontro à iniciativa privada, impedindo o desenvolvimento livre da economia. Enquanto ou por quanto tempo, a economia privada aguentar!


Fazer download do artigo

Outros artigos

O TABÚ DOS 05 DÍGITOSSLAVIERO & SLIM CORAGEM AO INVESTIRCOMO PENSAR O SINDICATO - TRADE UNION.PARA QUE SERVE A TRADE UNION - O SINDICATO?SALÁRIOS UMA QUESTÃO FINANCEIRA OU ECONÔMICA?GÁS E PETRÓLEO DE XISTOA AGONIA DOS RECIFES DE CORAISPROBLEMATIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO E APRENDIZAGEM DO JOVEM E ADULTO